Índice

8 Sintomas de Pré-Diabetes que Não Devem ser Ignorados

Muitas pessoas desconhecem o pré-diabetes, porém, trata-se de um problema de saúde sério e, por isso, não deve ser negligenciado.

No pré-diabetes, o nível de açúcar no sangue de uma pessoa é cronicamente elevado, embora não tão alto a ponto de indicar diabetes completo.

Vale lembrar que o diabetes é uma doença causada pela falta ou má absorção de insulina, hormônio que promove o aproveitamento da glicose como energia para o nosso corpo.

Dessa forma, o pré-diabetes funciona como um sinal de alerta para a saúde, e prestar atenção aos sintomas pode ser vital.

Quanto mais cedo você reconhecer o problema, mais cedo poderá reverter alguns dos fatores de risco para a doença, como excesso de peso, um estilo de vida sedentário e alto consumo de açúcar.

Aqui estão oito sintomas de pré-diabetes que você não deve ignorar:

  1. Pressão Alta: Pessoas com pressão alta têm um risco maior de pré-diabetes, porque a hipertensão força o coração a trabalhar mais para mover o sangue pelo corpo, tornando mais difícil para o corpo eliminar o excesso de açúcar da corrente sanguínea.
  2. Visão embaçada: O pré-diabetes e o diabetes podem impactar negativamente a sua visão, fazendo com que seus olhos fiquem inchados e mudem de forma, dificultando o foco adequado.
  3. Problemas de Pele: O pré-diabetes é conhecido por causar manchas escamosas brilhantes ou manchas escuras e aveludadas na pele, devido ao aumento dos níveis de insulina no sangue. Também pode causar coceira nas extremidades devido à comprometida circulação sanguínea.
  4. Gota: A gota é uma forma de artrite que envolve o desenvolvimento de cristais de ácido úrico nas articulações. Essa condição dolorosa pode sinalizar pré-diabetes, principalmente em pessoas com excesso de peso.
  5. Aumento Inexplicável da Fome: No pré-diabetes, a insulina produzida pelo pâncreas torna-se incapaz de processar a glicose de forma eficaz, resultando em excesso de açúcar no sangue que não pode ser usado para energia. Isso leva a uma fome constante, mesmo após as refeições.
  6. Fadiga Extrema: O excesso de açúcar no sangue pode levar à fadiga, já que o corpo não consegue obter o combustível necessário para funcionar adequadamente.
  7. Excesso de Sede: A sede aumentada, especialmente após as refeições, pode sinalizar pré-diabetes, pois o corpo trabalha para eliminar o excesso de glicose da corrente sanguínea, o que leva à desidratação e sede crônica.


Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *