Índice

A atriz Paolla Oliveira tem feito contundentes desabafos sobre as pressões estéticas impostas pela sociedade às mulheres e como isso a afetou ao longo de sua vida pública, sendo sempre considerada um padrão de beleza feminina devido ao seu corpo desde o início de sua carreira.

Protagonista da série Justiça 2, transmitida pelo Globoplay, Paolla Oliveira concedeu uma entrevista à revista Quem, onde fez novos desabafos sobre a pressão que as mulheres sofrem da sociedade. Segundo a atriz, um longo processo de amadurecimento e autoaceitação pelo qual passou a ajudou a encarar com mais firmeza, nos dias de hoje, as críticas e pressões impostas a ela.

Paolla Oliveira compartilhou com a referida fonte ter perdido diversos empregos e oportunidades de trabalho ao longo de sua carreira artística por não se encaixar em determinados padrões. Um exemplo disso foi quando uma empresa a excluiu de uma campanha publicitária sob a justificativa de não ter vivenciado a maternidade.

“Já fui rejeitada para campanhas publicitárias por não ser mãe, um reflexo dos estereótipos sobre o que constitui uma família”, desabafou ela.

A atriz se tornou uma das principais vozes femininas na luta contra a pressão social e os julgamentos contra as mulheres. Nesse sentido, Paolla Oliveira defendeu que as mulheres façam suas vozes serem ouvidas, enfatizando a importância do empoderamento feminino nessa batalha. “Vivemos em uma sociedade em que se eu não me posicionar, eu não vou existir. E eu quero existir”, desabafou.



Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *